Voltar
BLOG DO VENDEDOR

Cálculo de frete no marketplace da Amazon

Entenda os fatores que impactam no custo do frete na loja da Amazon e como tornar sua loja mais competitiva com os diferentes tipos e opções.

Como é feito o cálculo do frete na loja da Amazon?

Para quem vende online é normal se deparar com várias dúvidas em relação ao custo do envio de suas mercadorias, e para quem quer, ou mesmo já usa o marketplace da Amazon não é diferente. Afinal, quais são os tipos de frete na loja da Amazon que você pode escolher? Como é feito o cálculo desse transporte?
Com essa leitura, você vai entender quais são as opções de configuração de frete da nossa ferramenta, como fazer para oferecer frete grátis, as taxas que envolvem essa cobrança e quais são nossas transportadoras parceiras. Confira!

Tipos de frete existentes

Para começar a entender como o cálculo de frete é feito, precisamos primeiro saber os seus diferentes tipos. Vejamos quais são os mais comuns do mercado:
Frete Normal
É o mais usado pelos vendedores no Brasil, e sua dinâmica funciona da seguinte forma: a transportadora pega o pacote no remetente e leva a mercadoria até o destinatário.
A principal característica desse tipo de frete é que ele não inclui a contratação de terceiros em sua operação.
Subcontratação
Esse formato de frete é quando a transportadora responsável terceiriza o serviço, ou seja, contrata outra para levar o pacote até seu destino.
Isso acontece para que essas transportadoras tenham uma área maior de cobertura pelo país, sem que haja necessidade de ampliar seu quadro de funcionários e sua frota de veículos.
Quando há subcontratação, a terceirizada é quem faz todo o percurso, o que dá agilidade à entrega.
Redespacho
É como se fosse uma mistura do frete normal e da subcontratação. Ao despachar um pacote pelo tipo de frete de redespacho, a transportadora contratada faz parte do serviço e a terceirizada tem como obrigação realizar o trecho restante.

O que envolve o cálculo de frete

Outro fator importante na definição do frete na loja da Amazon são as variáveis do processo. O preço mínimo da tabela de frete padrão no Brasil é regulado pela ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres). Esse cálculo envolve:
  • Distância da entrega;
  • Meio de transporte;
  • Peso;
  • Volume;
  • Taxas.
Taxas que impactam no cálculo do frete
O cálculo do frete envolve diversas taxas, sendo:
  • ICMS ou ISS: imposto estadual e municipal, respectivamente, que incide sobre o transporte de qualquer tipo de mercadoria;
  • Pedágio: quando você contrata um frete, a responsabilidade de pagar pelo pedágio é sua, por meio de um vale-pedágio. Quando a carga for fracionada, esse valor é repartido entre todos os contratantes;
  • Frete mínimo: é o custo mínimo cobrado pelas transportadoras para entregar produtos. Ele serve para os pacotes que não atingem o peso mínimo das encomendas;
  • Taxa de armazenamento: caso aconteça qualquer imprevisto e seu produto não possa ser entregue, a transportadora irá armazená-lo mediante pagamento dessa taxa, até que a nova tentativa de entrega seja feita;
  • Frete Valor: é o seguro da sua mercadoria, conhecido também como Ad Valorem, e seu cálculo é feito por um percentual em cima o valor das notas fiscais do que será transportado;
  • Taxa de devolução: se a transportadora não conseguir entregar seu produto ao destinatário por razões que fogem ao seu controle, como não ter ninguém no endereço para receber o pacote, você paga essa taxa;
  • Taxa de dificuldade na entrega: é uma cobrança extra para entregas que envolvem algum tipo de diferencial, como as que são feitas após às 18h;
  • Taxa de reentrega: quando a transportadora precisa voltar no endereço do destinatário para uma nova tentativa de entrega, paga-se a taxa de reentrega;
  • Taxa de restrição de trânsito: se a transportadora precisar resolver questões relativas às restrições de carga e descarga ou de circulação de seus veículos.
Além dessas taxas, as transportadoras também podem aplicar outras cobranças, de acordo com as necessidades do serviço oferecido.

Onde encontrar as configurações de envio na Amazon

Antes de começar a vender um produto na loja da Amazon, você precisa realizar a configuração do frete, pois a ferramenta faz uma cotação base do transporte de acordo com os dados que você insere no sistema.
Para acessar as configurações de envio, siga os seguintes passos:
1. Faça o login no portal Seller Central Amazon;
2. Vá em “configurações”;
3. Clique em “configurações de envio”.

Nessa tela, você verá os modelos de envio disponíveis para enviar mercadorias. Você notará que existe um modelo padrão já cadastrado, mas que pode ser editado a qualquer momento, para que um outro tipo seja selecionado.

Caso prefira, você pode conferir o vídeo “Como Montar as Configurações de Envio e Calcular seu Frete”, criado pela Amazon Seller University e que mostra o passo a passo ilustrado de como configurar o seu frete.

Opções de configuração de frete na Amazon

O frete na loja da Amazon é calculado de acordo com uma tabela de valores predefinida. Sendo assim, o sistema mostra para você uma sugestão padrão de preço do frete e prazo de entrega, mas é possível mudar isso de acordo com o que for mais vantajoso para o seu negócio.
A tabela de envio do revendedor no marketplace Amazon permite que sejam criados fretes por faixa de preço ou por preço dos produtos. Uma boa dica é organizar seus modelos de frete por nome, assim você não corre o perigo de se confundir na hora de aplicar o modelo para cada produto.
Tarifa de frete por item/por peso
Esse modelo levará em consideração o preço do quilo que você selecionar para o cálculo do grama. Neste caso, você precisa ter sempre à mão as informações do peso do produto, ou então uma balança de precisão.
Envio por faixa de preço
Neste caso, o cálculo do preço do frete é baseado no valor da compra do cliente, permitindo que você configure frete grátis acima de um determinado valor de compra, por exemplo.
Você já deve ter visto em vários sites que “acima de R$ a entrega é grátis”, certo? Isso ocorre quando o vendedor opta pelo envio por faixa de preço.
Como o próprio nome já diz, não importa o tamanho ou volume do produto, e sim seu valor.
Frete por região
Outra opção, que é um grande diferencial do marketplace da Amazon, é a possibilidade de configurar o frete de acordo com as regiões e sub-regiões do Brasil. É preciso configurar cada uma delas antes de disponibilizar seu produto para a venda, mas as configurações ficam salvas e é possível editar quando quiser.
Como estratégia para impactar na decisão de compra do cliente, você pode diferenciar valores e prazos de entrega entre a capital e o interior dos estados.
Na entrega padrão, você é obrigado a colocar um preço para todas as regiões do Brasil, enquanto na entrega expressa isso não é necessário, pois ela não é obrigatória dentro do modelo de envio.

Como funciona o frete grátis na Amazon

A decisão de compra do cliente normalmente é impactada pelo valor do frete, muitas vezes fazendo com que ele desista de adquirir o produto em questão se o mesmo for considerado alto.
Por essa razão, pode ser uma boa ideia oferecer frete grátis na sua loja da Amazon, desde que você planeje essa ação corretamente, a fim de não prejudicar o caixa da sua empresa. Em alguns casos pode acontecer do custo de transporte ser mais caro do que o valor da própria mercadoria, causando prejuízo para sua loja.
Uma dica é que as lojas que oferecem frete grátis, muitas vezes, incluem o valor do mesmo no preço do produto, dessa forma o cliente fica satisfeito por não pagar esse serviço e você mantém sua margem de lucro.
Mas caso você arque com o custo do frete, as chances de aumentar sua rentabilidade com um número maior de vendas é grande, o que pode compensar ter aberto mão de parte do lucro da transação.
Se você quiser oferecer frete grátis aos seus clientes no marketplace da Amazon, vá nas configurações de envio e zere o valor das tarifas.

Transportadoras parceiras Amazon

As entregas das vendas que você faz pela Amazon são feitas pelas seguintes transportadoras:
  • Total Express;
  • Sequoia;
  • Loggi;
  • Jadlog;
  • Shippify;
  • TLOG (Venkon);
  • Dominalog;
  • OnTime;
  • Diálogo;
  • Correios.
Use o frete como um diferencial estratégico
Para fazer o seu negócio prosperar, é preciso ter atenção aos custos em ter uma loja na internet e o frete é um dos itens mais importantes.
Busque oferecer um frete na loja da Amazon competitivo e mantenha suas promessas de entrega realistas. Lembre-se que preço e tempo de envio são fatores determinantes em uma compra para muitos consumidores, então tente fazer isso da melhor forma possível.
Para mais dicas de como usar a Seller Central confira a playlist de vídeos na Amazon Seller University e acompanhe nosso blog!
Voltar
Veja também: histórias de sucesso de vendedores

Comece a vender hoje

Mostre seus produtos aos milhões de clientes que compram na Amazon todos os dias.
R$19,00 por mês + comissão
R$2,00 por item + comissão
© 2021, Amazon Services LLC. Todos os direitos reservados. Uma empresa da Amazon.