Voltar
BLOG DO VENDEDOR

Primeiros passos de como vender na Amazon

Quer abrir uma loja virtual ou expandir seus negócios? Aprenda os primeiros passos de como vender na Amazon.
Já pensou em contar com um marketplace que já oferece soluções de entrega, diversas formas de pagamento, e uma extensa base de clientes? Aprender como vender na Amazon é uma oportunidade de novos negócios. Com uma ferramenta que permite organizar vendas, responder os clientes, fazer listagens, capturar e editar fotos de produtos, você poderá gerenciar a sua loja até pelo celular.

Passo a passo de como vender na Amazon

1. Encontre sua categoria de vendas

Ao analisar quais produtos vender em sua loja digital, é importante considerar se especializar em um nicho de mercado. Essa é uma forma de se diferenciar e competir com os preços de grandes lojas de departamento. Ao optar por essa estratégia de segmentação, ao invés de investir em produtos de diferentes áreas, você foca em um mercado específico e consegue trabalhar para conhecer e atender melhor às necessidades desse público.

Por exemplo, montar uma loja de produtos para cuidados com a pele, no lugar de uma loja completa de perfumaria. Isso permite com que você consiga oferecer uma gama maior de produtos do mesmo nicho, além de investir em produtos que não são fáceis de encontrar e até mesmo se tornar uma referência no setor.

Uma das vantagens de ser um vendedor no marketplace Amazon é a variedade de categorias de produtos, basta encontrar a que mais tem a ver com a sua proposta de negócio. Além disso, é possível que uma mesma loja cadastre itens de categorias diferentes.

Outra dica é conferir a lista de produtos mais vendidos na Amazon. Nesta página você irá encontrar, por categoria, os itens mais populares e que podem ser boas oportunidades para seu negócio.
Categorias de produtos
  • Alimentos e bebidas: itens como grãos, cereais, massas e bebidas. Apenas itens novos.
  • Atividades ao ar livre: equipamentos para esportes ao ar livre e de ação. Apenas itens novos.
  • Beleza: produtos para cuidados com o cabelo, corpo e banho, manicure e pedicure, maquiagem, pele e perfumes. Apenas itens novos.
  • Brinquedos e jogos: brinquedos para crianças, jogos de azar, móveis e decoração infantis, pelúcias e quebra-cabeças. Itens novos e colecionáveis.
  • Calçados, bolsas de mão e óculos: armações, óculos de sol, sapatos, sandálias, bolsas de mão. Itens novos.
  • Câmeras: câmeras digitais, filmadoras, lentes e acessórios, novos ou usados.
  • Casa e cozinha: produtos para armazenamento e organização, cama, mesa e banho, decoração, eletroportáteis, ilustrações, obras de arte, utensílios domésticos, produtos de limpeza. Itens novos, reformados ou usados.
  • Celulares: celulares e acessórios novos, reformados, usados e desbloqueados.
  • Computadores: computadores de mesa, notebooks, monitores, tablets e acessórios. Podem ser novos, reformados ou usados.
  • Eletrônicos: tv e vídeo, áudio e vídeo portáteis, áudio para casa, eletrônicos para carro. Apenas itens novos.
  • Esportes: acessórios e roupas para a prática de esportes. Apenas itens novos.
  • Ferramentas e materiais de construção: produtos para construção, pintura, proteção e segurança, encanamentos, eletricidade, instalações de cozinha e banheiro, ferramentas manuais e elétricas. Itens novos, reformados ou usados.
  • Games: console, jogos e acessórios. Itens novos, usados e colecionáveis.
  • Jóias: anéis, brincos, colares e pulseiras. Apenas itens novos.
  • Livros: livros, calendários, quadrinhos, revistas, jornais e outras publicações. Itens novos, usados e colecionáveis.
  • Malas e acessórios de viagem: malas, bolsas, mochilas, pastas, guarda-chuvas e acessórios de viagem. Apenas itens novos.
  • Papelaria e escritório: agendas, cadernos, materiais de escrita, eletrônicos para escritório, calculadoras, organizadores, materiais para desenho e pintura e papéis. Itens novos, reformados ou usados.
  • Pet shop: produtos para animais de estimação, brinquedos, coleiras, ração, itens para transporte, saúde e higiene. Apenas itens novos.
  • Produtos automotivos: peças e acessórios, óleos e fluídos, pneus e rodas. Apenas itens novos.
  • Produtos para bebê: alimentação e amamentação, berçário, fraldas, itens para bebês e gestantes. Apenas itens novos.
  • Relógios: todos os tipos de relógios. Apenas itens novos.
  • Roupas e acessórios: moda feminina, masculina, infantil, esportiva e acessórios. Apenas itens novos.
  • Saúde e cuidados pessoais: produtos para bem-estar, dietas, nutrição e higiene, aparelhos de depilação e barbear, equipamentos e artigos médicos e remédios. Apenas itens novos.
  • Jardim e piscina: móveis de área externa, piscinas, churrasqueiras, plantas e produtos de jardinagem. Apenas itens novos.
Confira a lista completa das categorias disponíveis para venda na Amazon e suas particularidades.

2. Escolha o seu plano de vendas

O próximo passo de como vender na Amazon é escolher o plano de vendas que tem mais a ver com seu perfil de negócios. Você pode optar entre o plano individual e o profissional.

Em ambos os planos, você contará com vantagens de vender na Amazon como:
  • Acesso aos treinamentos gratuitos;
  • Apoio da equipe de suporte ao vendedor;
  • Página de ajuda no Seller Central;
  • Receber à vista por compras parceladas.
Conheça mais sobre eles:
Plano individual
O plano individual é recomendado para quem planeja vender menos de 10 itens por mês. Fazer o cadastro nele é gratuito e não é preciso pagar mensalidade. São cobrados R$2,00 por item, mais a comissão a cada venda.
Plano profissional
O plano profissional foi pensado para quem pretende vender mais de 10 itens por mês, ele possui uma mensalidade de R$19,00 a parte da comissão por venda, mas hoje você pode se cadastrar nele com 3 meses de mensalidade grátis. Além disso, o plano também oferece diversos diferenciais.

Com este plano você poderá vender em categorias que exigem aprovação, gerenciar os inventários através dos relatórios comerciais, configurar o frete da maneira que você preferir e adicionar vários gerenciadores na mesma conta. Outro benefício é a possibilidade de economizar tempo ao subir muitos produtos de uma vez só no seu inventário.

É importante destacar que, tanto no plano individual quanto no profissional, é possível realizar seu cadastro utilizando seu CPF ou CNPJ. Confira mais detalhes na página de planos de venda Amazon.

3. Crie sua conta do Seller Central

Para abrir sua loja na Amazon e começar a vender, é preciso criar uma conta no Seller Central, site onde você poderá cadastrar seus produtos e gerenciar toda a sua loja.

Para o cadastro é preciso fornecer suas informações de contato, como nome, endereço, email e telefone, um documento de identificação oficial, pode ser o CPF ou o CNPJ da sua empresa, e cadastrar um cartão de crédito.
Aprenda a usar o Seller Central
O Seller Central é uma ferramenta para te auxiliar a coordenar sua loja, facilitando o seu trabalho diário. Ele te permite gerenciar os pedidos, organizar seu catálogo de produtos, enviar mensagens aos compradores e, até mesmo, ver relatórios sobre o desempenho do seu negócio na Amazon.

Na página inicial, no menu superior, você pode acessar as funcionalidades oferecidas: “inventário”, “preços”, “pedidos”, “anúncios”, “relatórios” e “desempenho”. Na área do inventário estão as informações sobre seu catálogo, onde você irá adicionar os produtos e fazer outras atualizações, incluindo upload em massa de produtos, disponível para contas profissionais.

Em pedidos, é possível verificar as informações sobre os produtos vendidos e também gerenciar as devoluções. Enquanto que na aba de relatórios, você encontrará as informações sobre pagamentos, tributos e relatórios comerciais.

Já na aba de desempenho, você pode conferir as suas métricas em relação a satisfação dos consumidores, como as avaliações dos clientes e avaliação geral de performance no marketplace da Amazon.

No canto superior à direita, o Seller Central, você encontrará o “buscador”. No caso de qualquer dúvida, basta digitar sua pergunta nele e você será direcionado para a página de ajuda mais adequada. Ao lado do “buscador” ficam os links de “mensagens” e “ajuda”, para entrar em contato com seus clientes, vá em “mensagens”. Em “ajuda”, é possível acessar todas as páginas de ajuda, organizadas por tópicos. Você ainda pode entrar no Seller Forums, local destinado a interação entre vendedores, que postam dúvidas ou tópicos de ajuda.

Na aba de configurações, você terá acesso a todas as suas informações da conta, de contato, preferências de notificação, permissões para usuário, dentre outras.

No vídeo feito pela Amazon Seller University você encontrará de forma ilustrada a visão geral de como usar o Seller Central.

É possível ainda acessar a central do vendedor pelo smartphone. Confira a seguir os links para baixar o aplicativo:
Configure sua conta no Seller Central
Para dar sequência à venda na Amazon, antes de iniciar as atividades da sua loja, é preciso configurar sua conta no Seller Central. Para isso, vá até a área do perfil do vendedor, em configurações, “informações da conta”, e preencha os seguintes dados:
Informações da sua empresa
  • Informar CPF ou CNPJ;
  • Razão social: nome da empresa registrado para os casos de CNPJ, e nome completo para os cadastros em CPF;
  • Endereço registrado oficial: deve corresponder ao do extrato bancário, fornecido para verificar sua identidade - correspondente a, no máximo, 3 meses;
  • Nome de exibição comercial exclusivo: nome da sua loja na Amazon;
  • Adicionar cartão de crédito ou débito para cobrança das mensalidades.
Método de recebimento e depósito
  • Dados bancários: devem estar ligados ao CNPJ ou CPF da conta;
  • Método de cobrança.
Informações sobre envios e devoluções
  • Informações da devolução;
  • Configurações de envio;
  • Fornecedores de devoluções internacionais.
Informações fiscais
  • Informações de CPF/CNPJ;
  • Informações fiscais;
  • Informações de ICMS.
Adicione seus produtos
Com a sua conta configurada, é hora de aprender a adicionar produtos para vender em sua loja digital na Amazon. Existem duas opções, que são criar uma oferta de um produto já existente no marketplace ou cadastrar um produto novo. Você pode fazer as duas coisas ao ir no menu superior da página inicial do Seller Central, na aba “Inventário”.

Antes de adicionar um produto, cheque se o mesmo já existe no banco de dados. Você poderá fazer isso utilizando a “Busca por produto”. Caso o produto exista, basta criar uma nova oferta para o mesmo.

Para colocar à venda um produto já cadastrado, clique em “adicionar o produto” e procure aquele que você deseja vender. Caso você tenha um código, como ISBN ou JAN, fica mais fácil para achá-lo. Feito isso, clique em “vender este produto” e coloque os detalhes da sua oferta.

Para cadastrar um novo item, você deve criar uma nova oferta. Para isso, é preciso fornecer a ID do produto, que é um código de identificação, detalhes da oferta e do produto, palavras-chave e termos de pesquisa.

Siga os seguintes passos:
- Clique em “inventário”
- “Adicionar um produto”
- e, em seguida, em “estou adicionando um produto não vendido na Amazon”.

Depois disso, selecione a categoria do produto, confira se todas as informações estão corretas e clique em “salvar alterações”.

Se dedicar para melhorar o cadastro dos produtos é importante para que os clientes façam uma compra bem informada. Faça uma descrição detalhada, com informações relevantes e precisas.

Confira neste outro post as dicas completas de como cadastrar um produto na Amazon.
Comece a vender
Depois de entender os passos necessários de como vender na Amazon, é hora de inaugurar a sua loja virtual. Mesmo com os produtos cadastrados, é preciso conferir se eles se encaixam nas categorias de venda que necessitam de pré-aprovação. Isso é uma forma de garantir a segurança do cliente e ajuda com que as lojas dentro do marketplace tenham mais credibilidade.

Categorias de venda em que você pode receber a solicitação de aprovação:
  • Produtos para bebês;
  • Beleza;
  • Livros;
  • Cervejas, vinhos e destilados;
  • Produtos eletrônicos;
  • Alimentos;
  • Saúde e cuidados pessoais;
  • Jardim e piscina;
  • Produtos para animais de estimação;
  • Software;
  • Brinquedos e jogos;
  • Videogames.
As categorias que não estão nesta lista são abertas. Com as vendas aprovadas e a loja em funcionamento, é preciso fazer o gerenciamento dos pedidos.

No canto superior da página inicial, na aba pedidos, você encontrará a opção “gerenciar pedidos”. Lá, você poderá enviar mensagens para os clientes, acompanhar o processo de entrega e coordenar as devoluções.

Bônus: Lembre-se de gerenciar seu inventário

Na página inicial da Seller Central, no menu superior, há o link para o inventário da sua loja. Em “gerenciar inventário”, é possível ajustar manualmente os preços, estoque e frete. Se quiser encontrar um produto específico rapidamente, vá até o buscador e digite o código dele ou uma palavra-chave.

Para ficar mais fácil de se organizar, defina as suas preferências de visualização, o que permite classificar o inventário em categorias, como ativo e inativo. É também através do inventário que você cadastra novos itens, insere na sua loja produtos já disponíveis na Amazon, adiciona imagens, define os limites de preço mínimo e máximo, cria promoções e fecha uma oferta.

Outra função do inventário é o de bloquear ofertas. Se a Amazon identificar que aconteceu um erro de preço, ela desativa a oferta. Para fazer a correção, basta ir em “corrigir aviso de preços”, no menu “Preços”.

Descubra mais dicas de como preencher e organizar seu inventário.

Venda mais com o marketplace da Amazon

Agora que você já sabe o passo a passo para criar sua loja virtual dentro do marketplace da Amazon, confira os demais conteúdos do nosso blog, no Linkedin e no Facebook, com dicas para melhorar o seu desempenho de vendas, e acompanhe a Amazon Seller University, com tutoriais de como utilizar a nossa loja.
Voltar
Veja também: histórias de sucesso de vendedores

Comece a vender hoje

Mostre seus produtos aos milhões de clientes que compram na Amazon todos os dias.
R$19,00 por mês + comissão
R$2,00 por item + comissão
© 2020, Amazon Services LLC. Todos os direitos reservados. Uma empresa da Amazon.