Voltar
BLOG DO VENDEDOR

Como definir uma política de preços e descontos de sua loja Amazon

A política de preços e descontos é uma estratégia importante na aquisição e fidelização de clientes

A definição de uma política de preços e descontos acertada é fundamental tanto para antigos como para novos vendedores Amazon, e deve ser pensado também por quem tem uma loja virtual fora do marketplace. Planejar e implementar os preços adequados para seus produtos é imprescindível, pois impacta diretamente na saúde financeira da empresa.

É preciso realizar uma série de análises internas e externas, que vão desde o custo da produção e operação como um todo, até variáveis de mercado e concorrência.

Quer saber como definir sua política de preços e quais os principais tipos de desconto que você pode disponibilizar aos seus clientes? Confira abaixo.

Como definir sua política de preços

Entender a importância do processo de definição da política de preços e descontos é crucial para profissionais responsáveis pela gestão de lojas virtuais. A orientação é você criar um documento específico para anotar e organizar todos esses dados.

A dinâmica a ser seguida para precificar produtos é o documento que a diretoria e gerência, mesmo das microempresas, terão como referência para definir qual será o valor de venda das mercadorias. Trata-se de um conjunto de estratégias que têm como objetivo determinar um padrão a ser seguido para o cálculo do preço da oferta.

Uma política de preços eficiente é aquela que considera diferentes variantes, tanto internas ou externas. O e-commerce precisa realizar uma análise do seu próprio cenário para definir seus preços corretamente.

Uma boa prática é levantar a maior quantidade de informações possível. Quanto mais completos forem os dados presentes na criação deste documento, maior é a probabilidade da precificação dos produtos do seu e-commerce ser apropriada.

Lembre-se de considerar o posicionamento dos seus produtos no mercado, tendo em conta o que os diferencia da concorrência, colocando-os em destaque entre os consumidores.

O que levar em consideração na hora da precificação dos produtos

Existem alguns elementos internos e externos que devem ser considerados ao criar uma política de precificação dos produtos de um comércio eletrônico.

Esses são fatores essenciais para elaborar um documento que estabeleça preços que não causem nenhum tipo de prejuízo para o negócio, colaborando com o crescimento da loja virtual.

Após identificar todos os custos envolvidos e organizá-los no documento oficial, você terá todos os números para fazer o cálculo do preço de cada produto, seja por unidade ou por pacote.

Interno

O primeiro passo é saber em qual regime tributário seu e-commerce está enquadrado. Existem algumas opções:

• Simples Nacional
Tem como foco as micro e pequenas empresas, que são aquelas que faturam até R$ 3,6 milhões por ano. O pagamento dos impostos é feito por meio do Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS).

A alíquota varia de acordo com a atividade principal da empresa. Para o comércio, ela oscila entre 4% e 19% da receita bruta da empresa.

• Lucro presumido
É o regime tributário de empresas que faturam até R$ 78 milhões por ano. A legislação define que o Imposto de Renda (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL) sejam pré-fixados.

O comércio paga 8%, e os prestadores de serviço arcam com 32%. Os tributos PIS e a COFINS são cobrados cumulativamente, em cima do faturamento mensal.

• Lucro real
É o regime tributário que atende empresas com faturamento acima de R$ 78 milhões por ano. A cobrança de 9,25% do PIS e da COFINS não é cumulativa. O Imposto de Renda e o CSLL são calculados em cima do lucro real.

Entre outros fatores internos, também estão:

• o lucro que você espera sob cada produto,
• custos de produção da mercadoria,
• o quanto representa a despesa de transporte e estocagem do material,
• quais são seus investimentos em ações de marketing.

Considere os custos de distribuição do produto, qual é a margem de lucro que o negócio espera obter com a venda e os objetivos mercadológicos desse item no curto, médio e longo prazo.

Externo

Em relação aos fatores externos, procure analisar quais são as tendências de hábito de consumo do nicho de mercado que você administra.

Estude o que dizem os especialistas em relação à expectativa de crescimento do setor em que você atua.

Não se esqueça de fazer uma pesquisa entre seus principais concorrentes, mapeando a precificação das lojas virtuais mais importantes que competem com a sua.

Ideias de descontos para sua loja virtual

Os descontos do seu comércio eletrônico normalmente são provenientes de conseguir oferecer um custo de produção (ou de compra, no caso dos revendedores) mais barato ou representam uma redução na margem de lucro, quando conveniente para o negócio.

Para aplicar uma política de preços e descontos inteligentes em seus produtos, você deve definir os objetivos dessa ação e quais são os produtos serão comercializados com o preço menor.

Procure identificar o perfil do público alvo, delimitar um prazo de início e fim da promoção e qual o tipo de desconto que será trabalhado.

Outra dica valiosa é se atentar à sazonalidade na hora de escolher os produtos. Procure saber quais de seus produtos vendem mais em cada época do ano, ou então tente relacioná-los com datas comemorativas - dias das mães, dias dos namorados, dia das crianças, promoções de fim de ano, natal e etc.

• Cupons
Você pode disponibilizar um código especial que dá ao consumidor um desconto extra ao efetivar sua compra pela internet.

Customize as regras de acordo com seu objetivo: por exemplo, eles podem valer apenas para a primeira compra, para uma categoria de produto específica ou para uma quantidade determinada de itens. Você também pode dar cupons para clientes que indicarem a loja a outros consumidores.

Confira mais informações de como criar um cupom na Amazon através destes guias disponibilizados no canal Amazon Seller University:

O que são cupons
Como criar cupons

• Ofertas especiais
Em ofertas especiais, o produto só será exibido por um tempo limitado na página de ofertas da Amazon. Essa é uma estratégia para maior visibilidade e uma oportunidade para os clientes conhecerem sua loja.

• Frete Grátis
As configurações de frete na loja da Amazon te dá a possibilidade de optar pelo frete grátis. Todo cliente gosta de comprar pela internet e não ter que arcar com os custos de envio, certo? Essa é uma boa maneira de atrair mais consumidores para seu e-commerce e também uma forma de desconto.

Lembre-se de fazer as contas para analisar se o frete gratuito não causará nenhum prejuízo ao caixa da empresa. Uma boa ideia é segmentar o envio grátis para compras a partir de um determinado valor ou para mercadorias específicas.

Uma das vantagens de vender na Amazon é poder realizar a configuração da sua estratégia de frete diretamente no programa Seller Central.

• Desconto na próxima compra
Para fidelizar o cliente, aumentando a receita recorrente do seu comércio eletrônico, pense em conceder descontos para a próxima compra.

Quando o cliente faz o pagamento dos itens do carrinho, ele recebe um código promocional válido para quando voltar a comprar na mesma loja. Essa é uma ação muito eficaz, principalmente em conjunto com um atendimento de qualidade.

• Promoções exclusivas
Antes de implementar uma promoção exclusiva, avalie quais serão as vantagens para a sua loja virtual. Por exemplo, você pode traçar uma estratégia promocional para lançar um novo produto ou dar descontos somente para quem segue as redes sociais do seu e-commerce.

Bônus: conheça o sistema de precificação automática da Amazon

A precificação automática é um recurso que possibilita que os preços dos produtos da sua loja virtual sejam ajustados automaticamente. O sistema utiliza o código SKU – o número que serve para gerenciar o inventário na Amazon – e compara com o preço da Buy Box (Oferta em destaque).

Ao cadastrar um produto na Amazon, você pode criar regras no sistema com base na política de preços e descontos da sua loja virtual, definindo o limite mínimo e máximo do valor de venda e selecionando os códigos SKU aplicáveis.

A ferramenta de precificação automática faz o comparativo entre o seu preço e os limites dos preços altos do sistema, protegendo seu comércio eletrônico para que o valor oferecido esteja na média de mercado. Com isso, você tem mais chances de qualificar o produto para ofertas em destaque (Buy Box - Oferta em destaque).

Existem alguns fatores levados em consideração no preço de referência usado como parâmetro para comparação na precificação automática, como o preço da Oferta em destaque (Buy Box - Oferta em destaque), o preço médio de venda de 60 dias, o preço mais alto em 14 dias (enviado e vendido pela Amazon) e/ou o preço sugerido do produto.

A política de preços e descontos de sua loja virtual é importante para deixar seu cliente contente, já que praticar preços atrativos para o bolso do consumidor é um dos fatores determinantes na decisão de compra.

Esse documento também é responsável por ajustar o preço ao perfil do público da empresa, segmentando seus clientes de acordo com a estratégia mercadológica traçada para a marca. Ele mostra ao gestor o intervalo de preço que pode ser trabalhado dentro do limite da competitividade.

Quer melhorar os resultados da sua loja virtual? Uma das melhores maneiras de gerar lucro e expandir os negócios é definir adequadamente o preço de venda dos seus produtos.
Voltar
Veja também: histórias de sucesso de vendedores

Comece a vender hoje

Mostre seus produtos aos milhões de clientes que compram na Amazon todos os dias.
R$19,00 por mês + comissão
R$2,00 por item + comissão
© 2021, Amazon Services LLC. Todos os direitos reservados. Uma empresa da Amazon.