10 KPIs de e-commerce que você não pode deixar de acompanhar

10 KPIs de e-commerce que você não pode deixar de acompanhar

O sucesso de um negócio online não está relacionado apenas em oferecer produtos de qualidade, bons preços e experiência enriquecedora ao cliente — a gestão interna tem um papel crucial para os resultados. Por isso, definir e monitorar KPIs de e-commerce é imprescindível.
Conheça 10 KPIs de e-commerce para acompanhar e aumentar as possibilidades de crescimento da sua loja.
Trata-se de uma forma para conhecer melhor e acompanhar o desempenho da loja virtual no mercado, por meio de métricas específicas. Assim, é possível ter dados relevantes para direcionar as decisões, identificar o que está indo bem e o que precisa melhorar.

Se você deseja ter uma visão completa sobre a performance do seu negócio para identificar oportunidades de melhoria, este post vai ajudar. Continue a leitura e conheça 10 KPIs de e-commerce para acompanhar e aumentar as possibilidades de crescimento da sua loja.
KPIs oferecem dados quantitativos e parâmetros para os gestores avaliarem o cenário de um negócio com riqueza de detalhes.

O que são os KPIs de e-commerce?

Os KPIs são a sigla para Key Performance Indicators, que em tradução direta significa indicadores-chave de performance. São um conjunto de referências utilizadas para levantar dados e métricas sobre o desempenho de um negócio em diversas vertentes, como a comercial, marketing e finanças.

Sendo assim, os KPIs oferecem dados quantitativos e parâmetros para os gestores avaliarem o cenário de um negócio com riqueza de detalhes. Dessa forma, é possível analisar o cenário e o comportamento da loja no mercado, facilitando a tomada de decisões estratégicas.
Os indicadores são o ponto de partida para ter decisões certas e estratégias eficientes, que promovem o crescimento dos resultados.

Para que os KPIs servem?

As estratégias e decisões em um negócio devem ser tomadas com base em dados reais para evitar riscos e aumentar as possibilidades de sucesso. No entanto, sem analisar o andamento e a relação do e-commerce com o mercado, tomar iniciativas se torna um grande desafio.

Em outras palavras, os indicadores são o ponto de partida para ter decisões certas e estratégias eficientes, que promovem o crescimento dos resultados. Para isso, definir, adaptar e acompanhar os KPIs de e-commerce é indispensável para orientar a gestão empresarial.

Sendo assim, os KPIs servem para fornecer dados relevantes e realistas sobre diversos aspectos da saúde e desempenho do e-commerce. Com essas informações, os gestores criam histórico e podem concluir como está o comportamento do negócio, identificando pontos fortes, fracos e estratégias para aproveitar oportunidades.

Por que os KPIs são importantes?

O mercado é um ambiente competitivo em praticamente todos os segmentos da economia, especialmente no comércio virtual. Por isso, o marketplace é uma alternativa interessante para uma loja que deseja aumentar o faturamento e ganhar visibilidade.

Nesse contexto, fazer a integração com marketplace é ideal para ter mais possibilidades no planejamento do crescimento da marca. Essa é uma estratégia que pode ser adotada em todas as fases da maturidade de um negócio, seja nos momentos iniciais ou com um tempo maior de atuação.

Em outras palavras, a integração pode acontecer no momento em que o empreendedor desejar oferecer canais de vendas variados aos clientes. Dessa maneira, é possível aumentar as possibilidades de vendas para facilitar o alcance de novos objetivos.
  • Mede o sucesso das ações;
  • Dá maior embasamento das decisões;
  • Contribui para evitar prejuízos;
  • Estima variáveis e resultados;
  • Otimiza o planejamento estratégico;
  • Facilita desenhar as ações de melhoria;
  • Evita a perda de tempo;
  • Aumenta a competitividade da loja.
Nesse sentido, aplicar os KPIs na sua loja virtual é o segredo para ter ações bem sucedidas e atingir seus objetivos mais facilmente. Esse é um grande diferencial para a gestão interna que reflete em todos os aspectos, principalmente para a captação e fidelização dos consumidores.

Quais são os 10 KPIs para acompanhar no e-commerce?

Diversos indicadores podem ser utilizados nos processos empresariais, em todos os segmentos da economia. Quando o assunto é o comércio virtual, é possível adaptar KPIs e utilizá-los para ter acesso a dados importantes, que abordam aspectos específicos.

Sendo assim, o primeiro passo para desenvolver uma gestão eficaz é escolher os melhores indicadores e manter um controle rigoroso. Além de usufruir de benefícios importantes, você terá praticidade para monitorar o processo dos seus objetivos e metas.

Veja, a seguir, alguns dos melhores KPIs para implementar no seu e-commerce.

1. Tráfego

A melhor estratégia para saber se o site do e-commerce consegue atrair e converter clientes é medindo o tráfego. Trata-se de um indicador importante que determina com precisão o número de acessos no site da loja, permitindo saber se está com boa visibilidade.

Por isso, utilize o Google Analytics para identificar o fluxo do tráfego e fazer comparações entre períodos. Assim, você vai saber se é necessário fazer mudanças no site ou outra estratégia para potencializar os acessos e as possibilidades de aumentar as vendas.

2. Taxa de conversão

A taxa de conversão é um KPI que apresenta a relação entre o número de visitas no site e o número de vendas efetivadas. O cálculo para chegar ao valor da taxa de conversão é simples, basta dividir o número de vendas realizadas, pelo número de visitas, dados forncidos no indicador de tráfego.

Dessa forma, a taxa de conversão é um indicador importante para avaliar a eficiência da loja e indica o momento de investir em estratégias para elevar a conversão. Portanto, é um KPI que deve ser avaliado periodicamente para direcionar as ações e buscar formas para potencializar os resultados no momento certo.

3. Número de carrinhos abandonados

O índice de abandono de carrinhos no site é um indicador diretamente relacionado com o comportamento do consumidor. Consiste no momento em que o cliente seleciona os produtos que deseja, coloca no carrinho, mas por algum motivo desiste de efetuar a compra.

Sendo assim, o número de abandonos é um KPI essencial para investigar as causas e investir em ações para evitar que o índice cresça. Trata-se de um indicador específico para o comércio eletrônico e extremamente útil para definir condições mais vantajosas ao cliente, evitando as desistências.
VÍDEO
0:53

O que é o FBA - Logística da Amazon?

Seus produtos com selo Prime. O FBA é um programa de logística da Amazon, disponível para vendedores elegíveis. No FBA, você envia os seus produtos para o Centro de Distribuição da Amazon e nós cuidamos de todo o resto.

4. Número de vendas

Outro KPI simples e muito importante é o número de vendas, que demonstra a relação entre a quantidade de pedidos recebidos e as receitas geradas com eles. Ao avaliar esse indicador, é possível saber em quais períodos a loja tem aumento ou queda das vendas — facilitando identificar o momento ideal para oferecer descontos e ofertas.

5. Taxa de aprovação de pedidos

Em um e-commerce, nem todas as vendas feitas são realmente concluídas, pois podem acontecer imprevistos e impedir a efetivação do negócio. Cartões de crédito não aprovados, boletos expirados e outros fatores acabam atrapalhando o faturamento da loja.

Nesse sentido, avaliar a taxa de aprovação de pedidos é um indicador que apresenta quais as vendas foram, de fato, efetivadas. Para ter o valor da taxa, basta dividir o número vendas concluídas pelos pedidos, multiplicando o valor final por 100, para ter resultados em porcentagem.

6. ROI – Retorno Sobre Investimento

O Retorno Sobre Investimento — ROI é um indicador que demonstra o quanto a sua loja ganhou ou perdeu após realizar investimentos. Para calcular também é simples e fornece dados relevantes, inclusive sobre a eficiência das suas ações e estratégias de marketing.

Para chegar ao valor do ROI, basta seguir a fórmula abaixo:

ROI = (receitas – custo / custo) x 100

7. Taxa de rejeição

A taxa de rejeição significa o número de pessoas que acessaram o site da sua loja virtual, mas não interagiram com nenhuma opção. Em outras palavras, consiste no índice de visitantes que apenas abriram o site, mas não clicaram em opções para conhecer melhor a loja ou os produtos.

Sendo assim, se o e-commerce tem um alto nível de rejeição, é sinal de que algo não está indo bem e o site não oferece atrativos para manter o interesse do visitante. Por isso, é um indicador extremamente relevante e que deve ser acompanhado de perto pelos gestores.

Comece a vender hoje

 

Profissional

Você planeja vender mais que 10 itens por mês?
R$19,00 por mês + comissão

 

Individual

Você planeja vender até 10 itens por mês?
R$2,00 por item + comissão

8. Ticket médio

O ticket médio é um indicador que apresenta a razão do número de pedidos e o valor vendido pela loja, determinando quanto cada cliente gastou. Com isso, é possível entender o comportamento do consumidor e desenvolver estratégias para aumentar o faturamento em cada venda

9. CAC – Custo de Aquisição de Clientes

Esse indicador aponta quanto o negócio gasta para atrair clientes para a loja, considerando todos os custos, desde o marketing até a concretização das vendas. Para saber o CAC, basta dividir o valor investido no processo de captação e dividir pelo número de clientes conquistados.

10. Lifetime value — LTV

O LTV é um KPI ideal para auxiliar a projetar estratégias comerciais a longo prazo, pois apresenta o lucro total que um cliente gera durante toda a experiência com a loja. Para calcular o LTV é preciso multiplicar o ticket médio pelo número de compras do cliente e o tempo de relacionamento.

Dessa forma, você terá dados relevantes para identificar os clientes mais fiéis à marca e oferecer condições especiais, além de estreitar ainda mais o relacionamento. Portanto, é um indicador importante para preservar os resultados e garantir a credibilidade com os consumidores.

O que é necessário para acompanhar os indicadores?

Para crescer de forma consistente, todo negócio deve definir objetivos e metas, tanto a curto, médio e longo prazo. Para isso, os KPIs de e-commerce são ferramentas essenciais para medir o desempenho e otimizar as ações, facilitando muito o desenvolvimento da gestão.

Nesse contexto, monitorar os indicadores atualmente é uma tarefa intuitiva e que pode ser realizada com o uso da tecnologia. Os softwares de gestão permitem centralizar informações e garantem um diagnóstico completo para análise eficiente, direcionando as decisões.

Diante disso, contar com recursos tecnológicos é a melhor alternativa para lidar com os KPIs e faz toda a diferença para a gestão. Por isso, esse monitoramente é um investimento necessário, afim de ter mais embasamento com os dados e assim tomar decisões certeiras.

Como você pôde notar, os KPIs de e-commerce são ferramentas indispensáveis para toda loja que deseja atingir os objetivos e chegar ao sucesso. Afinal, propor melhorias com base no resultado da análise de indicadores é o melhor caminho para alcançar a sua meta.

Gostou do post? Se você deseja ver conteúdos criativos e relevantes sobre as novidades e outros diversos assuntos, não perca tempo e siga a Amazon nas redes sociais. Estamos no Facebook, LinkedIn e YouTube!

Comece a vender hoje mesmo

Apresente seus produtos aos milhões de clientes que compram na Amazon todos os dias.
R$19,00 por mês + comissão
R$2,00 por item + comissão
© 2021, Amazon Services LLC. Todos os direitos reservados. Uma empresa da Amazon.