O que você mais precisa saber sobre frete para e-commerce

O que você mais precisa saber sobre frete para e-commerce

O frete para e-commerce é um dos pontos mais importantes e tem influência direta na satisfação dos clientes e nos resultados do negócio — quando realizado de forma inteligente e otimizada, consiste em um diferencial importante para se destacar em um segmento competitivo.
Conhecer as melhores estratégias de frete é indispensável para todo e-commerce que deseja atrair clientes e aumentar as vendas.
Nesse sentido, conhecer as melhores estratégias de frete é indispensável para todo e-commerce que deseja atrair clientes e aumentar as vendas. Para isso, desenvolver um planejamento eficiente é uma tarefa inevitável para realizar entregas rápidas e econômicas.

Por se tratar de um assunto relevante e com potencial para elevar uma loja virtual, desenvolvemos este post. Continue a leitura e veja um guia completo de informações para entender tudo sobre o frete para e-commerce e oferecer serviços diferenciados aos seus consumidores.
A qualidade do frete de um e-commerce é um dos principais fatores analisados e faz toda a diferença para atrair e concretizar vendas.

Por que o frete para e-commerce é importante?

O segmento de loja virtual vem apresentando um crescimento acelerado nos últimos anos e conquistando a preferência dos consumidores. Devido às condições atrativas e comodidade, é um setor que revolucionou os hábitos de compra dos brasileiros, que sempre procuram o que precisam na internet.

Apesar de ser um mercado repleto de oportunidades, também é extremamente competitivo. Dessa forma, os consumidores encontram diversas possibilidades para adquirir o que precisam e a decisão de compra é baseada nos diferenciais que a loja oferece.

Nesse sentido, a qualidade do frete de um e-commerce é um dos principais fatores analisados e faz toda a diferença para atrair e concretizar vendas. O cliente que recebe o produto que comprou com rapidez e custos reduzidos tende a se tornar fiel à marca.

Em vista disso, o frete é um importante aspecto comercial e tem poder para contribuir com o sucesso de uma marca — principalmente no e-commerce, que é um segmento em que todo contato com o consumidor é feito virtualmente.

Portanto, garantir que o frete aconteça de maneira eficiente, ágil e com custos controlados é um diferencial importante para o crescimento. Isso pode ajudar a conquistar a fidelidade do público, reduzir a taxa de desistência e melhorar a experiência do cliente.

Vocabulário da Amazon:

Seller Central

Seller Central é o site através do qual os vendedores administram toda sua atividade de vendas na Amazon: gerenciar inventário, atualizar os preços, comunicar-se com os clientes, supervisionar o estado da conta, conectar-se com nossa equipe de atendimento ao cliente e adicionar novos produtos.
O planejamento é imprescindível e deve ser feito de forma personalizada, ou seja, considerando as particularidades de cada negócio

Quais as principais informações sobre o frete?

O frete para e-commerce é um setor que exige expertise do empreendedor para garantir um bom fluxo de trabalho, sem comprometer o orçamento. Sendo assim, o planejamento é imprescindível e deve ser feito de forma personalizada, ou seja, considerando as particularidades de cada negócio.

Nesse contexto, a melhor alternativa é conhecer bem as atividades logísticas e as características do seu público. É muito mais que apenas estabelecer rotas e entregar mercadorias, investir na melhoria contínua é um fator importante para o crescimento.

Veja, a seguir, um guia com informações precisas sobre o frete para e-commerce!

Tipos de frete

O primeiro passo para planejar seu negócio é conhecer os principais tipos de frete adotados no e-commerce. Dessa maneira, é possível direcionar a busca por informações e saber qual o melhor modelo para utilizar e oferecer aos seus clientes.

Os principais tipos de fretes adotados no comércio virtual são:
  • frete grátis: o mais atrativo aos clientes, que não pagam nada pela entrega;
  • frete econômico: tem custo baixo, no entanto, demora mais para entregar;
  • frete expresso: é a entrega mais rápida, porém, com um custo maior;
  • frete fixo: quando existe um valor fixo para todas as entregas.
Diante desse cenário, o empreendedor conta com diferentes formas para entregar o produto ao cliente. Entretanto, é necessário considerar o planejamento financeiro e estratégias comerciais para escolher o modelo ideal e evitar prejuízos ou afetar a satisfação do público.

Principais cálculos

Um dos pontos cruciais de um e-commerce é o cálculo do frete, pois interfere diretamente nos valores cobrados do cliente e nos resultados. Portanto, é preciso considerar uma série de fatores para compor um preço que seja justo e atrativo.

Para isso, os principais pontos que devem ser analisados são:
  • dimensões do produto;
  • distância a ser percorrida;
  • formas de entrega – transportadoras, Correios ou meio próprio;
  • impostos e tributações;
  • peso do produto;
  • prazos definidos para entrega.
Ao levantar todos esses preços, basta calcular o valor para cobrar do cliente, de acordo com o que ele comprou e a rota que será percorrida. Como é um dos principais influenciadores da decisão de compra do consumidor, algumas estratégias podem tornar o preço mais atrativo e evitar abandonos, como:
  • reduza o valor do frete para compras maiores;
  • atualize os preços frequentemente;
  • analise a sazonalidade;
  • entregue nos prazos;
  • considere softwares para o cálculo.

Desafios enfrentados

Os desafios são comuns na rotina de um e-commerce. No entanto, quando se trata do frete, são ainda mais intensos. Por esse motivo, é um departamento que exige atenção redobrada para superar as adversidades e promover serviços eficientes ao público.

Sendo assim, os desafios comumente enfrentados pelo e-commerce em relação ao frete são:
  • alto custo;
  • falta de mão de obra;
  • dificuldade para oferecer frete grátis;
  • longas distâncias;
  • baixa qualidade das rodovias;
  • questões de segurança;
  • entregar no tempo correto.
De acordo com uma pesquisa realizada pelo E-commerce Brasil, um dos maiores desafios das lojas é em relação aos preços atrativos, enfrentado por 90% dos negócios. Portanto, adotar estratégias e planejar bem as rotas é uma boa alternativa para reduzir os valores das entregas.

Quando vale a pena oferecer frete grátis

As entregas gratuitas são um grande atrativo e contribuem para elevar o número de vendas de forma significativa. Isso acontece, devido ao fato de um consumidor priorizar marcas que disponibilizam frete gratuito para adquirir os produtos que precisa em condições melhores.

Entretanto, oferecer frete grátis é um fator que deve ser realizado no momento ideal para não comprometer a saúde financeira. Alguns exemplos são:
  • datas comemorativas;
  • pedidos para locais próximos;
  • compras dentro de uma rota estabelecida;
  • clientes fidelizados;
  • pedidos com um determinado valor de compra;
  • promoções instantâneas.

O que fazer se o frete é mais caro do que o produto

Algumas compras que o cliente efetua no e-commerce tem um valor abaixo do cobrado pelo frete, o que é uma situação complicada. Dependendo da região da entrega, os custos podem ser elevados e acabar levando ao abandono de carrinho.

Para evitar esse cenário, o empreendedor pode adotar algumas estratégias, que auxiliam a tornar o processo mais vantajoso. Além disso, é uma oportunidade para estimular o consumidor a efetuar uma compra maior para justificar a entrega.

As possibilidades para isso são:
  • identificar o que está aumentando o valor;
  • fazer kits de produtos ou combos;
  • considerar um fulfillment;
  • adotar o frete fixo para determinada região;
  • analisar todas as alternativas de entregas;
  • aproveitar a rota de pedidos na mesma região.
Dessa maneira, é possível equilibrar o preço do frete, sem comprometer a satisfação do cliente e os resultados do negócio. Além disso, é uma forma de evitar que o cliente procure outra marca, por achar que as condições oferecidas não estão vantajosas a ponto de influenciar a decisão.

Comece a vender hoje

 

Profissional

Você planeja vender mais que 10 itens por mês?
R$19,00 por mês + comissão

 

Individual

Você planeja vender até 10 itens por mês?
R$2,00 por item + comissão

Parceria com mais de uma transportadora

Os imprevistos sempre podem acontecer, principalmente no setor de transportes. Por isso, depender de um único transportador não é uma boa ideia. Em caso de algum problema, todas as suas entregas podem ser comprometidas e impactar diretamente no prazo e satisfação do cliente.

Para não correr esse risco, o ideal é fazer parcerias com mais de uma transportadora e ter facilidade para entregar os produtos. Isso ajuda a evitar perda de tempo e atrasos que sempre oferecem riscos para cumprir o prazo combinado com o consumidor.

Além disso, ter mais de uma parceria para o transporte favorece a reduzir os custos com o frete, pois é possível utilizar empresas que estão mais próximas do pedido. E mais, é um aspecto relevante para otimizar o planejamento financeiro e aumentar a margem de lucro.

Quais os cuidados devem ser tomados com o frete?

Como você viu até aqui, o frete para e-commerce é um setor extremamente importante para o sucesso de um negócio e contribui para se destacar no mercado. Por isso, adotar cuidados com a gestão logística é imprescindível para garantir a excelência e evitar danos.

Nesse sentido, é importante que os gestores tenham atenção e desenvolvam atividades precisas em relação às entregas. Além de garantir a agilidade e a satisfação do consumidor, é a oportunidade de otimizar os custos internos e oferecer condições especiais.

Diante disso, tome os seguintes cuidados com o frete do e-commerce:
  • garanta entregas pontuais;
  • planeje todas as rotas de entregas;
  • tenha cuidado especial com o cálculo do frete;
  • ofereça frete grátis de forma estratégica;
  • tenha atenção com a embalagem do produto;
  • contrate empresas confiáveis;
  • escolha o tipo de frete ideal;
  • utilize a tecnologia;
  • considere a região dos pedidos;
  • otimize os processos internos;
  • tenha cuidado com o cadastro de produtos;
  • sempre avalie a concorrência.
Dessa forma, você terá a oportunidade de desenvolver um sistema de entregas eficiente e com um ótimo custo-benefício. Além de contribuir para identificar formas para melhorar as condições e facilitar o processo para a conversão, impulsionando os resultados.

Podemos concluir que o frete para e-commerce é um fator crucial e que merece toda a atenção do empreendedor que deseja alcançar o sucesso. Portanto, não deixe de priorizar a gestão e garantir entregas impecáveis, pois são decisivas para superar os concorrentes.

Gostou do post? Agora que você viu informações relevantes sobre o frete para e-commerce, não perca tempo e veja outros conteúdos e novidades. Siga a Amazon nas redes sociais, estamos no Facebook, LinkedIn e YouTube!

Comece a vender hoje mesmo

Apresente seus produtos aos milhões de clientes que compram na Amazon todos os dias.
R$19,00 por mês + comissão
R$2,00 por item + comissão
® 2022, Amazon Services LLC. Todos os direitos reservados. Uma companhia Amazon.